...

Novas profissões jurídicas: você está preparado para o futuro da advocacia?

Aquela “receita de bolo” seguindo passos pré-estabelecidos, tradicionais e conservadores, provavelmente não se encaixarão mais no modelo do futuro da advocacia.

Crescer em uma carreira jurídica provavelmente será um desafio ainda maior nos novos tempos. Estamos em uma nova era tecnológica, em tempos de startups, nova economia, era dos dados, portanto, a solução para ampliar os horizontes, trabalhar de forma mais especializada é sem dúvida conhecer e explorar o que há no direito como um leque de opções. Há um repertório enorme fora do direito crescendo exponencialmente, fazendo com que o pensamento jurídico tradicional fique para trás e com mais tecnologia, conhecimento de mercado, futurismo e empreendedorismo o “céu seja o limite”.

A realidade é que a evolução tecnológica vem transformando o mundo em que vivemos e a área jurídica está se reorganizando como nunca antes.

Existem inúmeros profissionais jurídicos perdidos no novo momento da advocacia e outros simplesmente ignorando as mudanças mercadológicas que estão acontecendo. Talvez isso aconteça em função do antigo e conservador modelo mental existente, que não permite a visão de novas e grandes oportunidades.

E é exatamente aí que todos precisam buscar novos conhecimentos, ampliar os horizontes e as possibilidades. Novas carreiras surgindo e especialidades nunca antes imaginadas estão aumentando cada vez mais o poder da área jurídica.

Você conhece as novas profissões jurídicas?

O momento atual é tão diferenciado que um novo termo surgiu no vocabulário corporativo representando tantas mudanças e evoluções, rearranjos da sociedade, das profissões, negócios e dinheiro.

O termo é o: VUCA é um acrônimo, que significa Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo – as iniciais são provenientes da língua inglesa: volatility, uncertainty, complexity, and ambiguity). O MUNDO VUCA surgiu!

A Volatilidade é a velocidade com que as mudanças ocorrem. Quanto mais volátil o mundo está, mais rapidamente as mudanças acontecem.

A complexidade, são os fatores e as variáveis que precisam ser levados em conta. Quanto mais fatores, maior a variedade e quanto mais interligados, mais complexo é o ambiente e mais difícil a análise.

A ambiguidade, é a falta de clareza sobre como interpretar algo. Quanto mais ambíguo o mundo é, mais difícil é interpreta-lo.

O que pode ser concluído e extraído então do mundo V.U.C.A. é que sem dúvida alguma, precisamos ter flexibilidade mental para nos adaptarmos rapidamente.

Uma frase célebre de Charles Darwin diz: “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”.

Nos dias de hoje uma frase nunca fez tanto sentido como essa!

Em uma pesquisa encomendada pela Dell Technologies, o resultado mostra que 85% dos trabalhos que existirão em 2030 ainda não foram inventados. Portanto, apenas 15% dos trabalhos que existem hoje, permanecerão.

É disso que estamos falando. Um verdadeiro rearranjo no mundo! Especialmente citando o Direito, as novas profissões já estão aí.

Você está preparado pra ser um advogado do futuro?

No cenário atual, ter o conhecimento jurídico apenas é muito pouco. Os profissionais do Direito precisam desenvolver habilidades (Soft skills), ampliar e variar o repertório e é claro investir em novas tecnologias que garantem a inovação do negócio.

Mas isso é simplesmente fantástico. Imagina ter somente uma profissão em determinada área e consequentemente um mercado saturado e até mesmo “pobre” pela falta da necessidade de mudança. As inovações representam grandes oportunidades para os profissionais do direito, que podem recriar suas profissões e crescerem exponencialmente.

A evolução tecnológica é predominante neste novo cenário jurídico e muitas outras revoluções ainda serão criadas.

Estamos em um momento onde o volume de dados é gigantesco e muitos ainda não sabem o que isso significa e nem mesmo o que fazer com tanta evolução. Entretanto, uma coisa é fato, a sociedade necessariamente muda com tudo isso. Os dados são compartilhados a todo instante, entre máquinas, entre humanos, entre máquinas e humanos, o que significa que tudo acontece muito rápido.

A evolução tecnológica está ocorrendo na velocidade da luz em direção a uma realidade cada vez mais tecnológica. Sem dúvida, estamos vivendo uma transformação digital. Podemos chamar isso de revolução digital ou ainda, de quarta revolução industrial.

O fato é que neste mundo “V.U.C.A. digital” os profissionais, incluindo os da área jurídica precisam desenvolver suas capacidades e habilidades e para isso, é preciso um amplo repertório, envolvendo computação, psicologia, antropologia, Direito, Marketing e outros.

Mas afinal quais as profissões jurídicas atuais que fazem parte do futuro da advocacia?

1- Controller Jurídico

A demanda pelo Controller jurídico é crescente no mercado. Cada dia mais os advogados estão atentos a importância desse profissional, responsável por absorver as atividades de suporte técnico e administrativo do escritório

O Controller Jurídico exerce uma função tática, auxiliando os proprietários no gerenciamento do negócio.

2- Empresários de Lawtechs/Legaltechs

As mudanças e evoluções do mundo jurídico tem proporcionado um leque de opções para inovações e investimentos em novos negócios. Muitas oportunidades estão surgindo e para os que sonham em empreender, as Lawtechs e legaltechs podem ser um excelente caminho, sejam elas voltadas para as demandas jurídicas, sejam voltadas para melhorias do trabalho do judiciário. A Forbes, lançou uma reportagem mostrando que o crescimento em Lawtechs no ano de 2018 foi de incríveis 718%.

Portanto, identifique se esse é seu objetivo e desenvolva as competências necessárias para um empreendedor. Neste contexto, não deixe de ler o artigo Empreendedorismo na área jurídica.

3- Gestor de privacidade

A LGPD é algo que vem batendo à porta. E com sua chegada a necessidade de ter um profissional com essa especialidade se fez presente. Sendo assim, essa é uma grande oportunidade que surgiu no mercado e para quem tem estudado proteção de dados, vários caminhos importantes tem surgido para normatizações e implantações da LGPD em escritórios, empresas e outros.

4- Arquiteto jurídico

O arquiteto jurídico é o profissional do direito capaz de trabalhar e entender os processos e dados envolvidos no problema de um cliente e a partir dos dados coletados, pensar em soluções a serem implementadas em conjunto com um engenheiro jurídico.

5- Engenheiro Jurídico

O Engenheiro jurídico é o profissional do direito que “ensina” ao computador quais são as regras, princípios e soluções lógicas. É uma mistura de advogado com o programador de computador, sendo sua função auxiliar os clientes na criação de sistemas jurídicos especializados.

6- Analista de dados

O trabalho do Analista de dados é o de usar os dados judiciais e informações de casos semelhantes no auxílio de operadores do direito para prever os resultados de questões jurídicas. Este profissional do direito com habilidades de analista de dados, tem grandes oportunidades pela frente, considerando o potencial crescimento da tecnologia e o poder da era digital.

7– Profissional de Segurança cibernética

Com inúmeros problemas de violações de dados e ameaças de invasões e perdas de dados, uma nova carreira para os graduados em direito surgiu, onde ajudarão empresas a lidar com vulnerabilidades, responder a falhas de segurança, lidar com preocupações de consumidores, trabalhar com reguladores do governo e garantir que recursos de segurança adequados sejam projetados para os produtos e serviços.

9 – Gerente de projetos para tecnologia

Em muitas empresas de tecnologia com grandes departamentos jurídicos, o profissional que assume o cargo de Gerente de projetos é o da área de direito. Eles são responsáveis por negociar, manter e renovar contratos, garantindo que a empresa cumpra os termos estabelecidos.

10 – Compliance Pro

Com a evolução tecnológica os advogados realizam inúmeros trabalhos em Compliance (“conformidade”). Esses profissionais usam sistemas que rastreiam a conformidade dos produtos e serviços, como por exemplo, a conformidade da cadeia de suprimentos o que garante que os materiais usados na fabricação sejam provenientes de fontes legais e que os fornecedores cumpram os requisitos contratuais.

11 – Gestor de risco

Sabemos que a advocacia é uma das áreas mais sensíveis no que diz respeito aos dados dos clientes. Toneladas de dados confidenciais são repassados aos seus escritórios de advocacia, portanto, o que aconteceria se os mesmos fossem alvo de um ataque para violação desses dados? Os grandes escritórios de advocacia sentiram a necessidade de ter em sua equipe, um gerente de risco, para ajudá-los a avaliar riscos, garantir a privacidade, obter seguros para violações e reforçar a segurança dos sistemas internos. Para essa profissão, é muito importante o conhecimento tecnológico que aliado ao direito, pode entender completamente os reais riscos do tratamento de dados.

12 – Protetor de ativos digitais

Os ativos digitais são itens como contas bancárias on-line, propriedade intelectual, documentos comerciais, informações financeiras e contas de mídia social. Como esses itens tem tomado proporções gigantescas muitas empresas que possuem altos valores investidos em ativos digitais, estão contratando profissionais especializados na proteção desses ativos.

13- Head de Inovação em escritório de advocacia

A grande necessidade de mudança e o paradoxo da conservadora mentalidade no mundo jurídico com temerosos às mudanças, fazem surgir a necessidade de um profissional jurídico que saiba dialogar, intermediar negociações entre inovação e modelos tradicionais, com conhecimento em tecnologia, legal design, futurismo, marketing, growth hacking, modelos educacionais, comportamento, entre outras habilidades. A função desse profissional é plantar uma nova cultura no negócio, ser responsável por mantê-la e ainda garantir a ampliação de novos clientes e novos negócios com todo esse processo.

14- Empreendedor de negócios em Lawtechs

Esse profissional da área jurídica que trabalha como Desenvolvedor de negócios em Startups Jurídicas, tem a função desde o mapeamento até a gestão do relacionamento com os clientes, a capacidade de negociação e uma visão empreendedora com compreensão dos conceitos da nova era tecnológica, a capacidade de utilização das ferramentas,  capacidade de performar como um Negociador, visualizando oportunidades de integração, análise e visualização de dados, com um olho clínico e um conhecimento de inteligência artificial, dentre outras habilidades humanas e tecnológicas. Aqui, sem dúvida alguma, as típicas e fortes habilidades de um empreendedor são fundamentais no exercício da profissão.

15 – Legal Copywriter

Copywriting é o processo de produção de textos persuasivos para ações de Marketing e Vendas, como o conteúdo de e-mails, sites, catálogos, anúncios e cartas de vendas, por exemplo. O profissional responsável pelo desenvolvimento do texto (também chamado de “copy) é conhecido como Copywriter. O Legalcopywriter é o profissional que executa essa atividade voltada para o direito.

Após as apresentações do mundo V.U.C.A, das mudanças e inovações das profissões e da tecnologia em alto grau, bem como a explanação de várias profissões jurídicas “diferentes dos padrões tradicionais e conservadores”, a maior “dica” que fica, é que o profissional do direito saiba e compreenda que o mundo e o mercado estão  passando por mudanças extremamente profundas e avassaladoras. O método “tradicional” estabelecido ainda nos dias de hoje, provavelmente não será a melhor e mais eficiente forma de seguir e evoluir em uma carreira jurídica. Em novos tempos, ainda mais como tanta tecnologia e metodologias inovadoras, em tempos de startups, nova economia, era digital, o caminho a seguir será sem sombra de dúvidas,  ampliar o repertório para além do direito, deixando de lado o pensamento jurídico tradicional e garantir a evolução de pensamentos, investimentos e atitudes.

Gostou do tema abordado? Sei que ficou um pouco longo, mas foi a melhor forma de garantir que a informação completa chegasse até você! Espero que faça toda diferença na visão do seu escritório de advocacia ou de uma nova profissão que poderá surgir para sua atuação!

Não deixe de acessar nosso blog  para acompanhar vários outros conteúdos interessantes que estão disponíveis.

Um abraços e até a próxima leitura!!! 🙂

Share this post on:
Redatora Especializada em Gestão Jurídica

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.