...

Qual é o seu modelo de negócio na advocacia?

No mundo empresarial o conceito de um modelo de negócios não é nada novo. Para os empreendedores é algo extremamente utilizado e relevante, qualquer que seja o negócio a empreender. Em se tratando da área jurídica o modelo de negócios é ainda algo inovador, ainda pouco explorado. Os advogados e advogadas ainda possuem o hábito de abrirem os escritórios de advocacia sem nenhum planejamento, ou ainda, uma estratégia que os auxiliem na execução do negócio e na manutenção do mesmo, evitando maiores riscos e garantido uma solidez.

Entretanto com o cenário atual do meio jurídico, com o aumento exponencial da concorrência e uma obrigatoriedade de inovação, essa prática vem mudando. Hoje os advogados e advogadas, vem cada vez mais buscando usar um plano de negócios para construir um modelo de negócio na advocacia. É claro que isso não é garantia de sucesso, porém, minimiza consideravelmente os riscos de não dar certo o seu escritório de advocacia e faz com que a possibilidade de ter um negócio rentável e estável, aumente substancialmente.

Para criar esse modelo de negócios existem algumas metodologias que podem ser utilizadas como ferramentas de apoio, como por exemplo o Business Model Canvas, ou simplesmente Canvas, que auxilia na definição de um modelo inovador para advocacia e ao mesmo tempo sustentáveis.

Para conhecer um pouco mais desse processo tão importante e inovador que tem começado a fazer parte do mundo jurídico, continue nos acompanhando e não deixe de conferir!

Mas então o que é a metodologia Canvas que ajuda na construção do modelo de negócios?

É uma ferramenta de planejamento de negócios criada em 2010, que permite ao advogado decidir pela viabilidade ou inviabilidade do seu escritório de advocacia, startup jurídica ou qualquer outro modelo de negócio na advocacia que deseja empreender.

Ao contrário do que muitos advogados pensam, não é porque um escritório de advocacia é um tipo de negócio já conhecido no mercado que ele automaticamente foi feito para dar certo. Escritórios bem-sucedidos precisam estar em sintonia com o mercado e com as necessidades dos clientes. Hoje em dia, o elemento da inovação é algo fundamental para quem deseja se destacar em um mercado tão competitivo.

O Canvas pode ser também uma excelente ferramenta para advogados que já possuem um escritório estrutura e consolidado, mas ainda precisam inovar, modernizar e oferecer serviços jurídicos de uma forma diferenciada.

No modelo Canvas o aspecto visual é predominante. O painel da ferramenta possui divisões que auxiliam o advogado a refletir sobre fatores importantes do seu modelo de negócio, facilitando a tomada de decisão sobre a viabilidade ou inviabilidade do seu projeto.

O painel pode ser localizado e preenchido até mesmo através de sites disponíveis na internet.

Alguns dos campos para preenchimento são:

Proposta de Valores

Neste caso, o termo valor não se refere a questões financeiras. Você já pensou sobre o que você entrega ao seu cliente? Então, é disso que estamos falando!!! “Proposta de valor” se refere ao resultado da sua prestação de serviços ao seu cliente. Ao preencher este campo defina o que o seu escritório oferece de útil e satisfatório a quem busca os seus serviços jurídicos.

Segmento de clientes

Quem é seu público alvo? Já pensou no perfil de cliente que o seu escritório quer captar e impactar? Empresas? Pessoas físicas? Clientes de baixa renda? Alta renda? Clientes com processos mais rápidos? Clientes com processos longos que demandam mais tempo e dedicação do escritório? Será um escritório de massa voltado para o perfil de clientes classe C e D? Ou classe A e B? Pense e repense sobre esses questionamentos. É fundamental que você saiba quem quer atingir pois assim, você saberá assertivamente como capta-los.

Meios

Através de quais canais seus clientes acham o seu escritório de advocacia? Neste campo o advogado e a advogada devem relacionar os meios utilizados para que o cliente localize e mantenha contato com o escritório. Lembre se que isso não é um detalhe “bobo”, é seguramente a garantia de qualidade no atendimento ao cliente e pode ser um grande diferencial de mercado, já que estatísticas mostram que a forma de condução do cliente durante a prestação de serviço é o que mais o mantem fiel à empresa.

Relacionamento com clientes

Como o seu escritório relacionará com os clientes? Defina os canais como citado acima. Será através de Site, e-mail, WhatsApp, redes sociais? São inúmeras boas opções existentes hoje, é importante avaliar quais são as ideais que atendem o seu público alvo e quais são os trabalhos que devem ser feitos para manter seus canais de relacionamento ativos.

Atividades-chave

Quais atividades você realiza para entregar um serviço de valor satisfatório aos seus clientes? Contratos, ações judiciais, relatórios, auditorias, consultorias? Nesse campo o advogado deverá avaliar sobre o core business da empresa, ou seja qual o ramo de atividade do escritório e os principais serviços que são prestados ao cliente.  

 Recursos-chave

Você sabe e tem os recursos necessários para prestar serviços aos clientes e para que o seu escritório funcione adequadamente? Quais profissionais precisa? Quais equipamentos e infraestrutura? Enfim, nesse campo reflita sobre os elementos que compõem o seu modelo de negócio e se você os possui adequadamente.

Parcerias-chave

Liste quais são os parceiros interessantes que seu escritório pode ter para contribuir com a qualidade da prestação de seu serviço! Parceiros vão de empresas, outros escritórios (concorrentes), fornecedores à prestadores de serviços. Considere este item e o analise corretamente. Muitos acham que parcerias não são importantes e que não vale a pena o esforço, entretanto são potencias agregadores de valor.

Fontes de receita

Como o seu escritório obtém receita? Quais os serviços que mais geram receita para o seu negócio? Existem algumas fontes de receitas eventuais? Nesse campo o advogado deve esmiuçar todas as possibilidades e identificar corretamente cada potencial fonte de rentabilidade para o escritório.

Estruturas de custo

Você já pontuou e analisou os custos e despesas do seu escritório de advocacia? Neste quadro o advogado e a advogada devem considerar e incluir tanto os gastos para começar o seu escritório ou se for o caso, reformular seu modelo de negócios, bem como, os custos para a manutenção do seu escritório.

Assim, vimos os aspectos principais da metodologia CANVAS que permite criar e reformular seu negócio de uma forma muito útil. Ela ajuda na visão da viabilidade, além de mostra diretrizes para a inovação. Sem dúvidas, para os advogados empreendedores que precisam criar um modelo de negócio na advocacia, essa ferramenta fará toda diferença, permitindo corrigir falhas estruturais ou ainda, começar um negócio do zero com possibilidades mais assertivas e uma maior garantia de sucesso.

Quer continuar acompanhando conteúdos interessantes sobre gestão de escritório de advocacia? Cadastre seu e-mail para receber nossas informações rapidamente e acompanhar todos os conteúdos disponibilizados sobre o cenário jurídico.

Acesse também o nosso blog e fique totalmente por dentro das novidades!

Nos acompanhe pelo Site e nossas redes sociais: Facebook, Instagram e LinkedIn.

Deixamos também, algumas sugestões para uma boa leitura:

Obrigada pela sua atenção e até a próxima com mais informações!!!  😊

Share this post on:
Redatora Especializada em Gestão Jurídica

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.