...

O que eu preciso saber sobre a transformação digital na área do direito?

Em uma era revolucionária em que o mundo está desfrutando dos inúmeros benefícios que a transformação digital vem gerando, ainda tem muitas pessoas, empresários, que acreditam que ela seja especificamente para as empresas de tecnologia. Porém, sabemos que a realidade não é essa!! A verdade é que a transformação digital tem ocupado um lugar importante em todos os setores, e o direito é, sem dúvida alguma, um dos mais beneficiados por ela.

Entretanto, não se trata apenas de agregar novos softwares nos escritórios de advocacia/departamento jurídico. Estamos falando de algo muito maior, uma mudança na estrutura como um todo, focada na resolução de problemas do setor e com o principal objetivo de otimizar o trabalho dos profissionais da área e garantir muito mais eficácia no processo.

Continue nos acompanhando neste artigo e veja como tem acontecido a transformação digital na área do direito. Boa leitura!

Acompanhar o volume de processos que existe hoje tramitando no judiciário, de forma manual, é humanamente impossível e sem dúvida alguma torna altamente dispendioso para os escritórios/departamentos jurídicos. Em 2018 de acordo com a pesquisa realizada pelo  Conselho Nacional de Justiça, no Brasil, tramitavam cerca de 79 milhões de processos.

Imagina controlar e acompanhar esses dados, e ainda, utiliza-los de forma eficaz, sem o uso de tecnologia? É aí que a transformação digital na área do direito, tem feito seu papel e apresentado a solução. As tecnologias têm aumentado substancialmente o desempenho do judiciário, tanto para buscar os dados dos processos quanto para otimizar as tramitações.

Prova de que o que estamos falando é fato, que, em 2019 o STJ publicou, que: “O Poder Judiciário registrou, pela primeira vez em 15 anos, uma redução na quantidade de processos em tramitação: eram 78,7 milhões no final de 2018, contra 79,6 milhões no fim de 2017. A informação foi dada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, ao apresentar nesta quarta-feira (28) o anuário Justiça em Números 2019. Portanto, a tecnologia vem transformando todo o judiciário.

E como a tecnologia tem sido aplicada ao direito?

Com tanta informação existente na área jurídica, hoje, várias tecnologias podem ser aplicadas a fim de otimizar o resultado do trabalho dos profissionais da área. Entre elas, citamos a inteligência artificial, computação em nuvem e a jurimetria avançada.

A IA é o uso de softwares ou robôs que realizam a captura de qualquer novo andamento em um processo que está sob a responsabilidade de um advogado.

Já, a tecnologia de computação em nuvem, faz com que os dados sejam armazenados na internet, não sendo necessário guardar fisicamente em um máquina, e com isso, correr o risco de perder qualquer informação importante, além de, facilitar a busca e o acompanhamento dos processos, que pode ser realizado a qualquer momento de qualquer local, usando um aplicativo pela internet.

Sobre a jurimetria avançada, que é a aplicação de métodos quantitativos, especialmente a Estatística, no Direito, tem sido utilizada em conjunto com softwares jurídicos, num modelo de tentar prever resultados, oferecer probabilidades e valores envolvidos nestas análises, consequentemente maior assertividade na tomada de decisões.

Com tudo que já falamos até agora, já imaginou o quanto a transformação digital tem feito para o aumento da produtividade e eficácia da área jurídica?

Hoje, as notificações de andamentos processuais, compromissos, audiências, reuniões, podem ser recebidas em tempo real, no seu computador, notebook, laptop ou até mesmo no celular. Não somente as suas, mas também de toda sua equipe. Portanto, você pode gerenciar todo seu escritório/departamento jurídico, utilizando um software de gestão.  O resultado disso, é um aumento de produtividade, qualidade dos serviços prestado e consequentemente maior rentabilidade do seu negócio.

Falamos neste artigo, sobre alguns detalhes que a transformação digital tem feito na área jurídica. É importante lembrar, que o mercado está vez mais acirrado e sem dúvida alguma, quem tiver um diferencial é o que vai se destacar. Reflita sobre isso, e se já tem usufruído dessas vantagens da tecnologia, parabéns e continue sempre inovando. Caso ainda não tenha experimentado, conheça melhor e busque quem pode te auxiliar nesse processo. Várias empresas especializadas nessa área, respiram advocacia e tecnologia 24 horas por dia.

Se você gostou desse artigo, deixe seu like e seus comentários!!! 😉

Não deixe também de acessar o nosso blog, que oferece conteúdos interessantíssimos para o universo jurídico. 😉

Muito prazer, somos a Ultimatum! Uma empresa especializada em Desenvolvimento de softwares jurídicos há mais de 20 anos. Prestamos serviços de qualidade para aperfeiçoar a gestão, aumentar a produtividade e rentabilidade dos advogados. Temos três softwares no mercado: o Unique, voltado especificamente para o acompanhamento de publicações dos diários oficiais, o Sinapse, criado para atender as necessidades dos advogados autônomos e  pequenos escritórios; e o Nexus, focado em médios e grandes escritórios/departamentos jurídicos. Continue por dentro de tudo que envolve o Direito, inovação, gestão e novas tecnologias, acessando o nosso Site Oficial. Siga-nos no Facebook, Instagram e LinkedIn e acompanhe nossos conteúdos para se manter atualizado.

Até a próxima 🙂

Share this post on:
Redatora Especializada em Gestão Jurídica

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.