...

O momento atual da Advocacia, após 5 meses de COVID 19

Após 5 meses em um período totalmente novo e inesperado a economia como um todo sofreu grande impacto. Em um cenário de medo, dúvidas, divergências políticas e culturais, cada um tenta sobreviver. O impacto social e econômico do COVID 19 é indiscutível, está sendo profundo e mudará definitivamente a condução das vidas humanas.

“Após o coronavírus, o mundo não voltará a ser o que era”, disse o biólogo Átila Imarino

São tempos de incerteza, medo e insegurança. A forma como compramos, viajamos, trabalhamos, comemos, vivemos durante anos, ficou diferente!

E o mercado jurídico como está atualmente, após 5 meses vivendo este cenário?

Existe uma frase de Charles Darwin que diz: “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”. E o que temos hoje é uma necessidade diária de adaptação.

As pessoas tiveram que mudar suas rotinas. Foram se organizando com as ferramentas que possuíam e podiam utilizar. A Rede social se tornou uma ferramenta de trabalho essencial. Os escritórios, advogados autônomos e empresas começaram desde o início com orientações, discussões, as chamadas “lives”, que faziam dois grandes “trabalhos”: o marketing dos mesmos, pois aqui encaixamos aquele velho ditado “Quem não é visto, não é lembrado” e um trabalho de “assessoria” fantástico. As pessoas foram se “norteando”, criando planejamentos, seguindo um caminho compartilhado. Isso gerou uma coesão e cada um buscou sua forma de sobrevivência.

Powered by Rock Convert

Algumas das ações planejadas em geral nas organizações foram:

  • Relação de todas as entradas
  • Inadimplências prováveis
  • Foco nos bons pagadores
  • Relação de todas as despesas
  • Verificação de capital de giro
  • Avaliação de todas as contas a pagar
  • Negociação com os fornecedores e parceiros com aumento de prazo, quitação com redução de valor, permuta por outros serviços
  • Buscar novas linhas de crédito
  • Trabalho em home office

Aos poucos, todos estão se ajustando, os trabalhos estão sendo retomados rotineiramente, alguns ainda em home office, prazos processuais antes suspensos correndo normalmente e não sugiram somente estratégias em relação ao custo da organização para a sobrevivência durante o momento crítico, surgiram também estratégias para captação de novos clientes, novos segmentos e novos mercados.

Após o regime de distanciamento social estabelecido, a retomada se inicia, porém, alguns grupos sociais mais vulneráveis estão sofrendo e sofrerão com as crises resultantes desta pandemia. A crise econômica já estabelecida gera diversos conflitos e as áreas do direito do consumidor, trabalho e previdenciário, tem uma tendência a crescer cada vez mais.

Problemas que estão surgindo neste período permanecerão para além da “pandemia”. Nesse momento aparece a importância do exercício efetivo da advocacia como instrumento de atenuação deste problema. A advocacia é uma das poucas áreas que cresce em momentos de crise.

E assim, as organizações, advogados autônomos e escritórios estão se estruturando para fazerem da sua atividade, algo essencial, para que todos consigam superar este cenário da melhor forma possível.

 “Espero ter somado com esse artigo. Se gostou, deixe seu like, deixe a sua experiência sobre esse período de pandemia, nos comentários e compartilhe com seus amigos e colegas de profissão! Até a próxima 😊”

Share this post on:
Redatora Especializada em Gestão Jurídica

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletters

[mc4wp_form id="10793"]

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.

Newsletters

[mc4wp_form id="10793"]

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.