...

Erros que não podem ser cometidos na gestão de um escritório de advocacia

A gestão do escritório de advocacia é fundamental pra garantir uma boa execução das atividades e acompanhamento do desempenho de todos os colaboradores.

Ir a fundo no universo do empreendedorismo jurídico faz com que o profissional da área do direito tenha que conhecer além das leis, questões técnicas e burocráticas do negócio. É necessário ser um profissional completo, entender além das disciplinas jurídicas, saber desde os processos de gestão e finanças até a organização e produtividade.

Entretanto, é um fato: a faculdade de Direito não ensina as atividades e práticas relacionadas à gestão do negócio. Justamente por este motivo é comum encontrar advogados recém-formados querendo abrir seu próprio negócio, mas sem o preparo necessário pra isso.

Este mesmo cenário também ocorre no caso dos profissionais com grande experiência de mercado, porém que não possuem tempo suficiente para gerir seu negócio o que provoca a desorganização, o aumento dos custos, baixa produtividade e consequentemente um resultado insatisfatório.

Para discutirmos tudo isso criamos esse artigo que fala sobre erros que não devem ser cometidos na gestão de um escritório de advocacia. Somente assim, será possível alcançar o sucesso do seu negócio e é claro, melhorar a sua imagem e fixar a sua marca perante o mercado.

Quer conhecer mais sobre o assunto? Continue nos acompanhando!

Atualmente não basta o advogado focar somente em soluções para seus clientes, é óbvio que ganhar causas é muito importante para a imagem e reputação do profissional, entretanto, saber gerar lucros para o negócio é fundamental.

Os advogados precisam saber atrair e fidelizar os clientes, acompanhar a entrada e saída de dinheiro, ter um atendimento ao cliente com qualidade e saber também gerir pessoas. Somente assim a gestão do escritório de advocacia ocupa um papel estratégico, tendo um acompanhamento da evolução interna do negócio.

Erros fatais na gestão de um escritório de advocacia

Já falamos em diversos artigos e inclusive neste da importância em se fazer uma gestão do escritório de advocacia de uma forma assertiva, portanto, é fundamental saber o que não deve ser feito, principalmente quando se está começando o negócio:

1. Não focar no relacionamento com o cliente tornando-o, cada vez mais estreito

O bom e fiel relacionamento com o cliente é o algo determinante para que o seu escritório de advocacia ocupe boas posições no mercado jurídico. Afinal, sabemos que o cliente não somente contrata os serviços, mas também o dissemina em seu meio social.

Portanto, relacionar-se bem com o cliente é o critério mínimo para gerenciar um escritório de advocacia com sucesso. Uma gestão bem feita deve concentrar seus esforços em identificar e entender o problema do cliente para solucioná-lo da forma mais viável e rápida.

Vários escritórios não possuem um profissional específico que cuide do relacionamento com o cliente e isso pode causar danos, como por exemplo, grande perda de tempo, visto que se o advogado ficar focado em esclarecer todas dúvidas e resolver os pequenos detalhes, um grande impacto na produtividade do escritório pode acontecer.

A consequência disso pode ser a redução da carteira de clientes ativos ou um declínio na entrega e qualidade dos serviços gerando uma imagem negativa do escritório no mercado.

2. Não se especializar

O mercado está muito diferente seja ele qual for. O novo modelo de negócios não abrange todas as áreas, todas as atividades, todos os produtos ou serviços. A internet é um exemplo claro disso: os conteúdos e os profissionais estão cada vez mais especializados e isso é um reflexo claro de que o público está cada vez mais segmentado.

Então, um erro muito comum no processo de gestão do escritório é não definir uma especialidade e assim, o advogado abre espaço para qualquer cliente, podendo acontecer de não conseguir atende-lo devidamente, gerando incredibilidade nos seus serviços.

Por esse motivo, são muito importantes a clareza e a sinceridade no momento de definir e especificar a sua área de atuação. Portanto, divulgue-as objetivamente:

  • Civil;
  • Criminal;
  • Trabalhista;
  • Tributário;
  • Entre outras opções.

A maior vantagem em definir uma especialização é poder aprimorar sua capacitação, ofertando ao seu público alvo todo potencial profissional para atende-lo da forma mais diferenciada e qualificada possível.

3. Não acreditar e não investir no marketing jurídico

No caso da advocacia, que tem o  Código de Ética da OAB com uma série de limitações em relação à publicidade estabelecidas para a área jurídica, isso não significa que o advogado não possa utilizar ferramentas e meios legais para divulgação dos seus serviços.

O marketing jurídico é uma forma poderosa de construir uma imagem forte com seu público alvo e ainda assim, respeitar as regras da OAB. Entretanto, muitos advogados desconhecem essa possibilidade e deixam de mostrar suas habilidades por receio e até falta de conhecimento.

Isso acontece em função de não saberem que a OAB permite realizar ações de marketing com caráter informativo. Sendo assim, é possível usar técnicas de marketing, como o marketing de conteúdo até mesmo em redes sociais, para alcançar maior visibilidade e reconhecimento no mercado jurídico.

E uma ótima notícia sobre o marketing jurídico é que o mesmo não exige grandes investimentos e esforços. Você pode trabalhar o marketing de diversas formas, com um profissional competente da área como prestador de serviço, ou dependendo do perfil e demanda ter até mesmo, alguém dentro do seu escritório pra fazer esse trabalho. Um detalhe importante é que essa pessoa conheça o código de ética da OAB.

Outra forma de realizar o marketing jurídico é através das redes sociais. O Advogado pode promover conteúdos relacionados a sua marca, divulgar e compartilhar com seus seguidores o seu dia a dia e dos seus colaboradores, falar sobre gestão, leis, sobre assuntos interessantes ao público, assim como, interagir com os usuários e construir uma relação mais próxima e fiel com seu público alvo.

4. Não ignorar a importância da área contábil

É comum que um dos maiores objetivos de qualquer negócio seja reduzir custos, por este motivo, muitos advogados acabam desistindo da criação de um departamento ou da contratação de um profissional responsável pelos processos contábeis.

E isso vai ficando de lado, o próprio advogado que na maioria das vezes não tem tempo, acaba realizando o serviço, entretanto, o ideal é ter um contador que faça essas tarefas, para que o advogado possa focar em suas atividades jurídicas e ter a tranquilidade de que alguém competente está cuidando das questões fiscais.

5. Não ter modelo de negócio definido e claro

Por último, mas não menos importante, não ter um plano de negócio claro e definido também pode ser um erro comum e grande na gestão de um escritório de advocacia. Embora aconteça com frequência, cuidado para você não cair nele.

Lembre-se que cada colaborador realiza determinadas tarefas e funções e que possuem um determinado prazo para realizar o fluxo de trabalho e as atividades existentes. E a melhor forma de gerenciar tudo isso é criando um plano e uma estrutura de negócio.

Para isso, utilizar ferramentas de organização e produtividade, como softwares jurídicos para gerenciar seu negócio, pode contribuir substancialmente para automatizar processos, facilitar o trabalho e é claro, aumentar exponencialmente a produtividade e o resultado do escritório de advocacia.

Afinal, sistemas como esses registram as atividades e os atendimentos, realizam o acompanhamento de processos, controle financeiro e é claro, facilita a comunicação entre o cliente e advogado, garantindo maior satisfação e um resultado de qualidade do serviço prestado.

Gostou do artigo? Continue nos acompanhando através de nosso Site Oficial.  E também das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e LinkedIn.

Grande Abraço!

Share this post on:
Redatora Especializada em Gestão Jurídica

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.