...

Atuação da Advocacia em Home Office: conheça as vantagens

Ao longo dos anos, a área jurídica vem se adaptando a uma nova realidade muita mais inovadora. A necessidade de flexibilizar e se adaptar à era digital é uma realidade cada vez mais presente. Aliado a tudo isso, novas práticas foram surgindo e uma delas foi o trabalho em home office, muitos por impedimento de irem ao escritório diariamente, outros com a intenção de ser um prestador de serviços sem custo fixo, etc. Cada um com seus motivos e necessidades.

Essa forma de trabalho, na advocacia, já existe há muito tempo e é claro que com o momento que vivemos, da pandemia (COVID 19), esse método se intensificou e novas adaptações foram surgindo para que esse trabalho seja realizado com qualidade e presteza.

Quais as vantagens dessa prática na advocacia?

Tranquilidade e foco para o advogado

Em um ambiente de trabalho agitado, sob muita pressão, nem sempre conseguimos deixar as coisas fluírem e não colocamos nossa cabeça para funcionar produtivamente. Os Advogados, são profissionais que precisam de um ambiente em que possam se concentrar. Assim, com o trabalho home office, muitos procuram esse benefício de se organizar de forma tranquila para extrair o seu melhor.

Menor custo e trabalho regulamentado

Investir em uma estrutura na maioria das vezes, é dispendioso e dependendo da situação e do momento, inviável. O trabalho em Home Office, diminui a estrutura e reduz os gastos com profissionais (capacitação, encargos trabalhistas, benefícios), estrutura física (água, energia, aluguel), deslocamento e por isso pode ser uma excelente estratégia. Além disso, estudos comprovam que colaboradores ficam muito mais produtivos e satisfeitos, trabalhando desta forma.

Então hoje, temos o perfil do advogado autônomo atuando em home office e temos também o perfil do escritório com vários advogados que adotam essa prática. Todavia, para os escritórios que a seguem, não significa que estão indo contra a regulamentação do trabalho. A Reforma Trabalhista de 2017 já prevê o trabalho à distância, a “pejotização” em alguns casos, apenas observando algumas regras específicas da CLT, como:

Art. 75-C.  A prestação de serviços na modalidade de teletrabalho deverá constar expressamente do contrato individual de trabalho, que especificará as atividades que serão realizadas pelo empregado.

Art. 75-D.  As disposições relativas à responsabilidade pela aquisição, manutenção ou fornecimento dos equipamentos tecnológicos e da infraestrutura necessária e adequada à prestação do trabalho remoto, bem como ao reembolso de despesas arcadas pelo empregado, serão previstas em contrato escrito.

Embora essa modalidade de trabalho já se verificasse na prática, ainda não era institucionalizada. Portanto, agora que há legislação e regulamentação sobre a prática, não há com o que se preocupar em relação a contratar um advogado home office.

Powered by Rock Convert

Capacitação e produtividade da equipe

É preciso estipular metas e acompanha-las para que o trabalho seja monitorado. Afinal, trabalhar em home office não significa deixar de gerir o trabalho. Um controle de atividades, acompanhamento de relatórios, pode ser realizado para atribuir responsabilidades e verificar produtividade. Tudo isso acompanhado e controlado por exemplo, por um Software jurídico completo e simples, que realiza a gestão do seu escritório.

Tecnologia a favor

É possível tornar esse processo muito mais prático e fácil com o uso de um software jurídico, que armazena os dados em nuvem, disponibilizando-os para todos de forma segura e online, além de contar com acessos em máquinas desktop, celulares Android e Iphones, que facilita todo acesso.

O Nexus faz tudo isso e ainda  realiza a gestão e a automação de atividades com captura de intimações, gestão de tarefas e processos, cadastro de atendimentos, controle financeiro, edição de documentos, inteligência artificial, emissão de relatórios e outras funcionalidades.

Tudo que falamos até o presente momento, executado em um Sistema de Gestão completo que viabiliza o trabalho em home office.

Inovação e crescimento

Na área jurídica ainda contamos com uma crença e um tradicionalismo bem arraigado, que acompanham os advogados, mesmo com tanta evolução e inovação presentes na área. Entretanto, sabemos que essa prática é uma tendência e que aos poucos está sendo amplamente disseminada, principalmente, no momento atual em que estamos vivendo com a pandemia COVID 19. Assim sendo, é importante que os profissionais conheçam essa possibilidade, saibam como fazê-la e esteja preparado para quando for necessário. Em hipótese alguma essa prática irá impedi-lo de crescer ou inovar.

Olhe para o futuro, conheça as possibilidades e adapte-as de acordo com a necessidade do seu negócio. Nós da Ultimatum oferecemos ferramentas de apoio para essas tomadas de decisão, pois estamos sempre conectados com o que há de mais novo na era tecnológica e sempre com uma visão de futuro. Nosso artigo abordou algo que é novo e ousado, porém, atingível e com grandes resultados.

Continue por dentro de tudo que envolve o Direito, inovação, gestão e novas tecnologias, acessando o nosso Site Oficial. Siga-nos no Facebook, Instagram e LinkedIn e acompanhe nossos conteúdos para se manter atualizado.

Se gostou, deixe seu like, sua opinião e compartilhe com seus amigos e colegas de profissão!

Até a próxima 😊

Share this post on:
Redatora Especializada em Gestão Jurídica

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.

Siga-nos

Fique por dentro das novidades, lançamentos e muito conteúdo útil para o seu dia a dia.